antítese do amor.

Passei noites, lembrando você, muitas delas, sonhando com um nós, desejando um nós.

Passei noites,odiando você,muitas delas,acabando com minhas esperanças.Eu quis te ver, e também quis te esquecer.

Eu quis chorar, mais eu também já quis gritar.

Já quis sorrir, mas também já quis rir, apenas para disfarçar.

Já quis lembrar, mas também já quis apagar, essas lembranças que não me deixam em paz.

Elas me acalmam, mas também, hoje em dia, já não há o que nos acalme.

Já não há o que entender, nem o que esquecer, odiar ou amar, qual é a diferença se ambos nos fazem chorar?!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: